Argentina

Somos países hermanos, mas de pais bem pouco parecidos: a colonização espanhola deu à Argentina não apenas o idioma, que muitas vezes nos engana, mas uma cultura bem diferente da nossa. Não é à toa que, ao desembarcar em Buenos Aires, muitos se sentem como se estivessem na Europa. O hábito de leitura nos cafés, a imensa quantidade de livrarias, a arquitetura dos prédios e dos jardins, o bom gosto ao se vestir, tudo isso nos remete imediatamente a algumas características europeias. Naturalmente, os argentinos têm um jeitinho especial de ser, que varia ao longo de sua geografia, mas que intriga e cativa.

Como um bom alfajor, a Argentina é irresistível. A poucas horas de voo, o país nos abre as portas para um universo dulce y sabroso. Convida a arriscar-nos tanto em portunhol quanto em passinhos de tango. Leva a nos esbaldarmos em compras, museus, neve, doce de leite, vinho e em centenas de pontos turísticos. Passar um período no país, seja em Buenos Aires, em Bariloche ou em Córdoba, faz você voltar bem feliz, não importa se for para fazer compras, passear ou estudar.

Informações Úteis

Capital: Buenos Aires
Idioma: Espanhol
Moeda: Peso Argentino
Fuso Horário: Mesmo horário do Brasil
População: Aproximadamente 42 milhões de habitante
Código Telefônico: +54

 

 

Buenos Aires

     O destino internacional número 1 para os brasileiros é uma mistura de charme, boa mesa e excelentes opções de compras. Mas Buenos Aires não é só isso. No começo do século 20, a Argentina era um dos países mais ricos do planeta e Buenos Aires o porto pelo qual entravam e saíam produtos que geravam essa imensa riqueza. Junto às antigas docas encontram-se duas das atrações mais importantes da cidade, o hype dos brasileiros Puerto Madero e o bairro de La Boca, com o inconfundível Caminito e o estádio La Bombonera.

     Uma das consequências mais claras da pujança econômica portenha fica clara em seu perfil urbano monumental, repleto de parques bem planejados, edifícios burgueses em estilo neoclássico e agradáveis ruas arborizadas. A isso ainda foram somados teatros belíssimos, como o Colón, junto à ampla Avenida Nove de Julio, e uma miríade de cafés que traziam reminiscências de Paris, palco de acalorados debates intelectuais.

     Outro hábito que mistura gastronomia com excelentes conversas manteve-se em torno das mesas de seus restaurantes, sejam em casas que servem a clássica parrillada - o variado churrasco local, opções de pasta que não se encontram fora da Itália, empanadas divinas ou um dos mais cremosos sorvetes que você terá a benção de experimentar. Tamanha variedade também encontra-se  nas opções de compras.

     Em Palermo estão ateliers com objetos de design arrebatador, em grandes centros, como as Galerias Pacífico, você encontra as grandes marcas e em livrarias como a espetacular El Ateneo Grand Splendidvocê terá o melhor da literatura ibero-americana. Tudo a preços provocadoramente atraentes.

     Mas não é só isso. Buenos Aires é fácil de ser explorada a pé ou com táxi. Aproveite para se perder por suas ruas e deparar-se ora com praças com lindos gramados ora com edifícios históricos como a Casa Rosada e a Catedral metropolitana. Estarão lá também lojinhas simpáticas em San Telmo, ricos museus como o MALBA ou cemitérios como o da Recoleta, onde repousa Evita. E, sem deixar de lado a paixão que nos une, não deixe de ir ao derby River-Boca e compreender o que é paixão desmedida.


Dicas

- Uma caminhada despreocupada por Puerto Madero.

- Comer uma empanada do El Sanjuanino.

- Se perder nas prateleiras do El Ateneo Grand Splendid.

- Tomar um café com torta e doce de leite em Palermo.

- Comer as excelente carnes das casas especializadas da cidade. Acompanhado de um Malbec, é claro.

- O River que nos desculpe, mas é essencial assistir a uma partida do Boca Juniors no La Bombonera.

 

Informações Úteis

  • DDI - 54 (Argentina)
  • Código de acesso de Buenos Aires - 11
  • Idioma - Espanhol é o idioma oficial, mas o inglês também é usado nos estabelecimentos comerciais. O português é facilmente compreendido pelos portenhos.
  • Fuso horário - O horário em Buenos Aires é idêntico ao de Brasília. A cidade não segue o horário de verão.
  • Moeda - A moeda oficial é o peso argentino. Dólares também são aceitos na maioria dos estabelecimentos comerciais.
  • Energia elétrica - 220V - Você deverá ter um plugue especial para se conectar às tomadas do país
  • Telefones úteis - 0800 999 2838 (Assistência ao Turista), 101 (Centro de Operações), 131 (Centro Federal de Informação), 107 e 49231051/9 (Serviço médico de Emergência)
  • Consulado Brasileiro - Carlos Pellegrini, 1363 – Piso 5. (54 11) 4515-6500

Orçamento

Depoimentos:

Promoções

A JUMP Intercâmbios sempre tem novidades para os seus clientes terem a melhor experiência no exterior!

Se você tem interesse de estudar no exterior e ainda não sabe qual o seu destino, entre em contato conosco que lhe ajudaremos a encontrar a melhor opção!